Buscar
  • Caio Bruno

Amigos, amigos?



Sejamos honestos. Não existe amizade sem interesse. Seja qual for, sempre vai haver pelo menos um. Seja o interesse na conversa da pessoa, em querer bem, em gostar da companhia, em confiar, o amoroso, o sexual e até nos interesses menos nobres como financeiro ou de status. Mas ninguém é amigo de ninguém sem motivo nenhum.

Sempre costumo dizer que a vida é boa por diversas razões e uma delas é pela surpresa positiva que ela nos proporciona. Pessoas que hoje estão há quilômetros de distância, aqui do lado mas não vemos ou que sequer nasceram, em um futuro próximo poderá ser alguém essencial em sua vida, às vezes até pode ser a mulher/homem da sua vida.


E aí chegamos à um outro ponto interessante e que acho deveras fundamental. Um affair, namoro ou casamento não sobrevive sem amizade e cumplicidade e isso não é uma coisa fácil levando-se em conta o turbilhão de sentimentos que envolvem um matrimônio ou coisa parecida. Apesar de algumas pessoas não acreditarem, sexo, tesão e paixão não sustentam por muito tempo um relacionamento e estes que são mantidos sobre esse tripé estão fadados ao fracasso.


E depois disso? Bem, é muito difícil olhar para uma pessoa que privou das maiores intimidades e da mais louca paixão e vê-la apenas na condição de amiga. É como diz um trecho de uma velha música: "Depois de tudo o que aconteceu você quer me ver na condição de amigos. Sem como e nem por quê?"

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo