Buscar
  • Caio Bruno

Forças Armadas e a Democracia no Brasil atual


Foto: Governo Federal

Como capitão reformado do Exército Brasileiro, era de se esperar que o presidente Jair Bolsonaro fosse dar espaço aos colegas de farda em seu governo. É natural, afinal por 28 anos ele foi o deputado federal porta-voz da classe.


Entretanto, o que se percebe em um ano e meio de governo é uma presença maciça de militares (mais precisamente do Exército) ocupando postos chaves, como presidência de estatais e ministérios.


Para resgaste histórico, nem durante o Regime Militar (1964-1985) havia tantos fardados assim no primeiro escalão do governo. Atualmente, das 23 pastas da Esplanada, 10 são ocupadas por militares além de outros milhares de cargos espalhados pela máquina pública federal. Do ponto de vista prático, o que isso significa?


Independente do fato de que Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão, são da caserna, ele foi eleito democraticamente com 57 milhões de votos, logo, é incorreto afirmar, como alguns setores da oposição dizem, de que vivemos em um governo militar. Na verdade, temos uma gestão que se militariza e com forte influência deles, influenciando em regras e diretrizes, mas a palavra final, ressalte-se é do presidente.


Evidentemente que o país ainda tem feridas abertas do período da ditadura e muitos temem e/ou torcem o nariz para os militares. A grande questão que é necessária para o debate não é a possibilidade (cada vez menos frutífera) de um Golpe de Estado e sim, do quão benéfico é para a democracia e para as Forças Armadas esse volume de influência e poder?


Respondo: é pouco profícuo. Saem perdendo um e outro. A democracia, pois passa a impressão de que é tutelada pelos militares, o que não corresponde à verdade e também não condiz com sua função constitucional. Já para as Forças Armadas a adesão a governos não é benéfica, uma vez que podem recair sobre elas o ônus e os desgastes. Elas são instituições de Estado e não de governo.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© Caio Bruno -  Todos os Direitos Reservados 2020 - São Paulo - Brasil