Buscar
  • Caio Bruno

Novos governantes municipais e a comunicação em 2021



Dentro de algumas horas tomarão posse os novos prefeitos e vereadores eleitos no último mês de novembro para a gestão 2021-2024. Rostos famosos e desconhecidos assumirão seus mandatos com o intuito de gerir e fiscalizar nos mais de 5 mil municípios brasileiros. O ano e os políticos podem ser novos, mas os desafios continuam e em alguns casos crescem.


É o caso da comunicação política de mandato. Há uma grande diferença entre ela e o marketing realizado durante as eleições. Enquanto na campanha há um objetivo principal, que é o voto, uma vez no cargo a autoridade tem a função de divulgar e promover seu trabalho.


Para isso existem as mais variadas formas e técnicas para se implementar uma eficaz comunicação de mandato. Seja utilizando de forma apropriada os recursos e os canais tecnológicos, seja investindo em planejamento de ações como a construção de reputação, narrativas e propósitos.


Aos prefeitos a tarefa se torna mais fácil devido ao Executivo geralmente contar com um departamento de comunicação. Mas atenção: esse setor responde pela institucionalidade e não para promoção pessoal. Se o gestor quiser ter uma equipe focada em sua imagem deve contratar profissionais à parte para não correr o risco de sofrer sanções previstas em lei.


Já para o vereador, que nem sempre tem disponível uma grande estrutura, é primordial contar com suporte profissional contratado ou não. Se optar por não valorizar a comunicação sofrerá inevitáveis arranhões em sua imagem e danos junto com o eleitorado.


É essencial, portanto, que os novos detentores de cargos eletivos tenham como prioridade a comunicação desde seu início e não como um remendo ou visualizá-la como custo. Imagem é, mais do que nunca, tudo. Boa sorte aos novos gestores.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo